Página Principal > Publicações > O Livro Vermelho

O Livro Vermelho

O Livro Vermelho foi resultado da compilação dos livros negros nos quais Carl Gustav Jung escrevia seus sonhos e rascunhava anotações e desenhos. O método da imaginação ativa desenvolvido por Jung consiste em conversar com figuras desconhecidas surgidas em sua imaginação e sonhos a fim de descobrir o significado dos símbolos. Jung chamou a imaginação ativa de psicose artificial, já que é análoga ao que acontece nas alucinações psicóticas. A diferença é que a pessoa normal pode praticar este método para o autoconhecimento.

A seguir, o epílogo ao livro, preparado por Jung em 1959:

Trabalhei neste livro durante dezesseis anos. Meu conhecimento da Alquimia em 1930 me afastou dele. O início do fim foi em 1928, quando Richard Wilhelm (missionário alemão que viveu na China e traduziu o I Ching e O Segredo da Flor de Ouro, um tratado da Alquimia chinesa) me mandou o texto daFlor de Ouro. Foi então que os conteúdos deste livro encontraram o seu caminho para a realidade e não pude mais prosseguir trabalhando nele. Para o observador superficial, tudo isto parecerá loucura. E teria sido se eu não tivesse sido capaz de absorver a força descomunal das experiências originais. Com a ajuda da Alquimia, pude finalmente organizá-las em um todo. Eu sempre soube que essas experiências continham algo de precioso e, por conseguinte, não soube fazer nada melhor do que transcrevê-las em um livro precioso, isto é, caro, e pintar as imagens que emergiram através da sua revivência da melhor forma que pude. Eu sabia como tal empreendimento era terrivelmente inadequado, mas apesar de muito trabalho e muitos desvios, permaneci fiel a ele, mesmo se outra possibilidade nunca…

(O texto original interrompe-se aqui. Jung morreu em 1961.)

Procurando por alguma informação no site e não encontrou?